Por que viajar pode melhorar a saúde?

279
0
Viajar melhora a saúde
Viajar melhora a saúde

Mark Twain disse certa vez: "Viajar é um exercício com consequências fatais para o preconceito, a intolerância e a mentalidade estreita"

Viajar não significa apenas passar alguns dias de maravilhoso prazer visual em paisagens nunca antes visitadas, ou conhecer novas culturas e ser surpreendido por preconceitos e paradigmas, ou a oportunidade de tirar lindas selfies em lugares icônicos. Viajar é inspiração, mas também é saúde.

E não são necessários muitos estudos científicos para comprovar o quão vantajoso e nutritivo é esse tipo de experiência, não apenas para nossas memórias, mas também para nosso corpo e mente.

Em um mundo cada vez mais acelerado e estressante, ser capaz de escapar das pressões diárias representa uma alternativa quase tão necessária quanto ir ao médico regularmente.

Preparações antes de viajar

Tendo tomado a decisão, uma série de preparativos deve ser feita para garantir uma viagem com as melhores condições possíveis:

comunicação

Em caso de viajar para fora do país, Recomenda-se ter um plano de telefone celular e Internet com conectividade de roaming, porque você não deve depender apenas do Wi-Fi do aeroporto ou hotel.

Também as baterias dos celulares devem estar sempre carregadas, especialmente se você for viajar para fora da cidade, em caso de eventualidade ou emergência.

Itinerário e planejamento de viagem

Por mais tentador que seja, nunca é bom improvisar (tanto) durante uma viagem, especialmente se for em outro país, especialmente se for fora de uma cidade principal.

Ter um itinerário ou um plano razoavelmente razoável, com locais previamente escolhidos e horas estimadas, garante um feriado equilibrado.

Tem um guia

Seja um aplicativo ou um mapa, ter noções básicas dos locais que você visita é de primeira importância. Em caso de se aventurar em lugares naturais fora da cidade, recomenda-se ter o conselho de um guia local.

Benefícios da viagem

reduz o stress

Talvez o principal benefício, ou pelo menos o mais notório a curto prazo. Viajar te livra das tensões diárias, especialmente se você entrar em contato direto com paisagens naturais.

A importância disso está no fato de que O estresse contínuo pode produzir complicações fisiológicas, cardíacas e neurológicas.

Viajar mantém o coração saudável

Passear por novas cidades ou caminhar e explorar paisagens naturais pode significar uma média de 10.000 passos por dia, também pode representar uma média de cerca de 6 quilômetros de exercício.

De acordo com um estudo da Universidade Estadual de Nova Iorque, As observações foram feitas por mais de 10 anos 12.000 pessoas que estavam em alto risco de desenvolver doença cardíaca coronária, o resultado foi que aqueles que não tirar férias e / ou viajou 32% tinham uma chance maior de desenvolver essas complicações.

O motivo é muito simples: Os níveis de estresse afetam diretamente a atividade cardíaca.

Potenciador de criatividade

Mudar o ambiente por alguns dias, desconectar-se da realidade usual produz um resultado muito notável nos níveis de criatividade.

Isto é devido ao flexibilidade cognitiva, que é a qualidade da mente para processar idéias através de pausas. Isso funciona como uma espécie de trabalho de fundo em que o inconsciente otimiza o processo criativo, enquanto o consciente está em outro tópico.

Há muitos artistas que produziram grandes obras depois de terem viajado de férias.

Ajude a melhorar as habilidades sociais

Para muitas pessoas, viajar significa um desafio social.

E é precisamente para chegar a outra cidade, a outro país, perguntar direções, ouvir histórias e histórias dos locais, são experiências que reforçam as habilidades sociais.

Significa deixar a zona de conforto e aproveitar a aventura de conhecer novas culturas, novas idiossincrasias, novas realidades.

Depois de ter viajado, a pessoa retorna para casa com novas perspectivas e pontos de vista.

Estabilidade emocional

Viajar produz uma melhoria significativa nos níveis de estabilidade emocional e desenvolvimento pessoal.

De acordo com um estudo realizado pela Universidade Alemã de Friedrich-Schiller, eles observaram e compararam mais do que os estudantes 4000 que viajaram e estudaram no exterior.

Ao contrário daqueles que não viajavam, eles estavam abertos a compartilhar novas experiências e mais emocionalmente estáveis ​​em seus relacionamentos interpessoais.

Planejar uma viagem produz uma sensação de felicidade

Assim é. Pensar, visualizar e planejar uma viagem, revendo cada detalhe produz uma imensa segregação de serotoninas e dopamina, que são os hormônios que produzem a sensação de felicidade.

Isso acontece por causa da expectativa da viagem, quando a data se aproxima, mais ansiedade positiva geralmente a pessoa sente.

Mantém a mente em bom estado

Situações sociais, falar uma nova língua, aprender com os locais históricos e apreciar a natureza são atividades cerebrais importantes.

Não apenas promove o desenvolvimento da atividade sináptica, o que a torna mais rápida, mas também causa proteção cerebral contra doenças degenerativas, como a doença de Alzheimer.

Sem dúvida, é uma das atividades mais preciosas do mundo.

Porque é melhor coletar boas experiências e lembranças do que coletar objetos.

Então ... boa Viagem!