10 coisas essenciais para ver e fazer em Roma

80
0
basílica-san-pedro-roma
@https basílica-san-pedro roma: //pixabay.com/es/bas%C3%ADlica-de-san-pedro-roma-cat%C3%B3lica-2677061/

Preparando sua próxima viagem? Agora que parece que se aproxima o fim deste pesadelo que vivemos, teremos que pensar em recuperar o tempo perdido.

Que destinos você tem em mente? Você prefere visitar um novo lugar ou quer curtir uma cidade ou país específico novamente? Se você não tem certeza, nós facilitamos para você. Roma É uma cidade que não importa se é a primeira ou a quinta vez que a visita, porque nunca se cansa de andar pelas suas ruas.

Caso você esteja pela primeira vez na capital italiana, deixo-lhe aqui uma série de lugares que você não pode perder.

Primeira parada essencial: o Coliseu Romano

Se há um monumento representativo desta cidade sem dúvida é o Coliseu Romano. Atravessando suas paredes você percorre toda a sua história, situando-nos a mais de 2000 anos do presente.

Caso alguém não saiba, no passado aconteciam aqui espectáculos de lutas em que gladiadores (todos escravos) arriscavam a vida em troca da liberdade, mas a maioria morria a tentar. Enquanto isso, os patrícios, imperadores, etc. eles gostaram do show.

Atualmente é a atração turística da cidade, recebendo em média 6 milhões de visitantes por ano, e é considerada uma das sete maravilhas do mundo.

Segunda parada: a fonte de Trevi

Ocupando um dos lados da Piazza di Trevi está o que muitos consideram a fonte mais bonita do mundo. Nele está esculpido Netuno guiando sua carruagem.

Por ser um dos lugares mais bonitos e essenciais da cidade, quase sempre está lotado de turistas. Melhores horários para ir? A ponto da manhã ou tarde da noite, aproveitando para vê-la iluminada, um momento mágico. Pronto para fazer seu desejo?

Terceira parada: o fórum romano

Assim como o Coliseu, o Fórum Romano é um dos lugares mais importantes a se visitar na cidade e nos levará mais de 2.000 anos de volta ao Império Romano.

Este monumento é constituído pelas ruínas de templos e edifícios onde os cidadãos da época viviam a sua vida social, cultural, política e económica.

Quarta parada: o panteão de Agripa

Outra das maravilhosas ruínas do Império Romano é o Panteão de Agripa, monumento considerado o edifício mais bem preservado da época. Nos tempos antigos, este edifício era um templo romano. Atualmente, este prédio ainda é usado para fins de culto, uma vez que foi convertido em uma igreja.

Quinta parada: monumento Vittorio Emanuele II

Localizado na Piazza Venezia, encontramos o monumento construído em homenagem a Vittorio Emanuele II, o primeiro rei da Itália. Um monumento bastante moderno em comparação com a maioria dos que podemos encontrar na cidade, que, como já viste, são ruínas do Império Romano. Além disso, você pode desfrutar de incríveis vistas panorâmicas da cidade.

Sexta parada: Basílica de São Pedro

Outro dos principais atrativos turísticos da cidade é a Basílica de São Pedro. Está localizado dentro do Vaticano e é o maior templo, em tamanho e importância, dedicado ao catolicismo.

Dentro desta basílica você pode desfrutar de autênticas obras de arte, como a Pieta de Michelangelo ou a estátua de São Pedro.

Resumindo, a Basílica de São Pedro é uma parada obrigatória em sua visita a Roma, independentemente de sua postura religiosa.

No caso de você ser crente, recomendo que visite a Praça de São Marcos na quarta-feira para ver o discurso que o Papa faz de sua varanda às 10h30. Para vê-lo e ouvi-lo mais de perto, é preciso marcar uma audiência com o Papa.

Sétima parada: Plaza de España

Embora possa não parecer um ponto turístico muito comum, é uma das praças mais populares da cidade. Além disso, é muito comum acabar nele sem querer, pois está rodeado por ruas muito famosas de Roma, repletas de lojas e restaurantes. Por outro lado, se você subir à Trinità dei Monti, poderá desfrutar de vistas magníficas.

É muito comum o turista levar uma viagem em um estabelecimento próximo e sentar-se para curtir o ambiente em um dos bancos que ficam na praça. Mas tenha cuidado! É proibido fazê-lo nas escadas.

Oitava parada: Piazza Navona

Considerada a praça mais bonita da cidade e um dos grandes pontos turísticos de Roma.

Dentro da praça podemos ver três fontes de estilo barroco que representam quatro rios diferentes do Império Romano: o Danúbio, o Nilo, o Ganges e o Río de la Plata.

Assim como na Plaza de España, é muito comum os turistas comprarem alimentos, como o famoso tiramisu, e comê-los na praça curtindo o clima de rua.

Nona parada: Trastevere

Depois das praças é a vez dos bairros, e como é que eu ia deixar de citar “El trastevere”, o bairro mais famoso de Roma.

Neste bairro você pode encontrar desde lojas de artesanato até tabernas, todas com um ar boêmio. É um bairro com recantos inspiradores e encantadores. Pronto para caminhar pela Itália mais profunda?

Décima e última parada: museus

Como bom amante da arte e da história, não poderia deixar de referir os locais onde se encontram todas as peças que hoje se conservam, e menos ainda no caso de Roma.

Poderíamos conseguir outro artigo somente sobre este assunto, então mencionarei apenas o mais importante ou fundamental para complementar sua visita à cidade.

  1. Museus do Vaticano e Capela Sistina: localizados no estado do Vaticano, embora no centro de Roma. Ele contém obras de arte da Igreja Católica durante séculos. Católico ou não, é uma visita 100% recomendada.
  2. Museus Capitolinos: é o principal museu cívico municipal de Roma. Você pode ver obras como o "lobo capitolino", o "venus capitolino" ou a estátua equestre de Marco Aurélio.
  3. Galeria Borghese: neste caso, mais do que história, é um museu dedicado à arte. Ele está localizado nos jardins da vila de Borghese. Aqui você pode ver parte do grande patrimônio artístico da cidade de Roma.

Você já está preparado para sua visita a Roma? Por que você não aproveita a situação para praticar o idioma com um Curso de italiano em roma? Dê uma olhada no site de Ynsitu e descubra esta e muitas outras oportunidades preparadas para você.